Negócios

Conexão FOR-LIS com Rui, da Casa Pau-Brasil

1 mês atrás

Rui Gomes Araújo é fundador e diretor da Casa Pau-Brasil (@paubrasil.official), definida por ele mesmo como “uma ideia com quase 100 anos”. O espaço, que foi batizado com o nome de um dos movimentos modernistas do Brasil e ganhou forma em um palácio oitocentista localizado no cosmopolita bairro Príncipe Real, é grande o suficiente para expor aos visitantes muita cultura e brasilidade, tanto em forma de arte quanto de produtos.

Filho de portugueses com trisavó brasileira, Rui sempre conviveu com a estética brasileira, o que lhe gerou encantamento nas viagens ao Brasil. E essa afinidade, ele afirma, não é exclusivamente dele: “os portugueses têm, genuinamente, uma simpatia muito grande com o Brasil, há muitos anos. É uma cultura que eles conhecem.”

Atenção aos detalhes

A curadoria da Casa é independente, livre e assinada por ele mesmo, que leva à capital portuguesa produtos que interpretam e representam o Brasil de formas e áreas diversas, como design, cosmética e moda, totalizando quase 30 marcas, que dividem espaço com uma área para exposições e, recentemente, uma livraria. “A casa também é um espaço para se ver, para aproximar as pessoas”, diz. No processo, o critério principal é o da verdade. “Não nos impressionam marcas grandes, de uma determinada área. Observamos marcas que, através das suas propostas, representam, interpretam, concretizam uma brasilidade verdadeira”.

A segunda questão é a forma como esse trabalho é desenvolvido do ponto de vista da memória. “Aqui é uma casa que conta histórias. Vendemos produtos que ninguém precisa e, portanto, as pessoas vêm à procura de serem surpreendidas e conhecerem histórias.” Cerca de 80% dos visitantes da Casa, conta o empresário, são estrangeiros, que têm uma visão estereotipada e quase caricatural do nosso país. Assim, é papel da sua empresa desfazer esses estereótipos. “Toda nossa equipe é brasileira. Eles não são negadores de uma história, mas protagonistas e parte dela. E também são protagonistas da Casa”.

Ser verdadeiro

Segundo Rui, estamos na terceira fase do luxo. “A primeira era a exclusividade, a segunda, o artesanal. Hoje, o luxo é o que é verdadeiro. E o design brasileiro é isso. Os designers são capazes de interpretar o tempo e o espaço e dar forma através de uma peça. E vai além da nobreza da matéria-prima”. Como exemplo, ele cita a poltrona mole de Sérgio Rodrigues, que completou 60 anos em 2017 e ganhou a eternidade. “Quando sentamos na poltrona, vamos imediatamente para o universo do sentar ‘em brasileiro’.”

E como valorizar tudo isso? Citando Oswald de Andrade, o português diz que “o Brasil deveria deixar de ser o país da sobremesa, das commodities. Exceções acontecem no universo do design, e deveria ser motivo de orgulho. O amarelo da Abracadabra e a campanha do Café 1913 são absolutamente extraordinários. E essa criatividade tá muito presente no design brasileiro e são bons exemplos do pensamento Pau-Brasil.” Depois de São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia serem o centro do Brasil, hoje Rui acredita que a representação do País está no nordeste. “Fortaleza foi nomeada a Cidade do Design pela Unesco. Existem novos protagonistas do design e encontrei no Ceará essa riqueza.”

Presente e futuro

Com o novo coronavírus, a Casa precisou fechar suas portas e inovar no mundo digital. Mas como fazer isso? “A arte digital não é a digitalização de um quadro. E nunca quis que o espaço digital fosse também a digitalização da Casa. Então, o desafio passou a ser a criação de conteúdo, a criação de uma marca que existe e é pensada a partir e para o digital e que, obviamente, tem que estar em conexão com o físico”, ele diz.

“Quem é do mar não enjoa. E hoje o mar está bravo”, reflete. Para ele, o desafio principal de 2021 é continuar cumprindo a ideia da casa. Isso significa fazer o mesmo de maneira diferente. “Ainda esse ano abriremos no (shopping) El Corte Inglés de Portugal. Então esses são os desafios de 2021. E não enjoar também. Como também somos do mar, vamos com muito realismo e com muita ousadia, mas comprometido com a concretização dessas ideias”, conclui.

Foto: Instagram da Casa Pau-Brasil (@paubrasil.official)

by Larissa Viegas

Publicado em:

11 de dezembro de 2020

Cadastre-se e receba semanalmente a nossa newsletter. A curadoria traz conteúdo de branding, design, marketing, comunicação e outros assuntos.

Post
Post
Entre em contato